Crepúsculo.

a_forca__by_meeefius3

Ir ao cinema essa época do ano é um martírio, se você mora em cidade pequena vai entender o que eu digo. Natal, por exemplo, só tem dois shoppings com cinemas, um do grupo Cinemark e outro do Moviecom. Entendo perfeitamente que um cinema é uma empresa com fins lucrativos, ele tem que dar lucro, mas tenha dó, bem que podiam deixar uma salinha em cada para passar bons filmes. Quando a gente pega a programação e dá vontade de chorar. Vejam só:

Cinemark

Bolt – Supercão
Carga Explosiva 3
Coração de Tinta
Crepúsculo
Crepúsculo
Entre lençóis
Madagascar 2
Marley e Eu
Se Eu Fosse Você 2
Sete Vidas

Moviecom

Bolt – Supercão (Dublado)
Coração de Tinta (Dublado)
Crepúsculo (Legendado)
Madagascar 2 – A Grande Escapada (Dublado)
Marley e Eu (Legendado)
Se Eu Fosse Você 2 (Nacional)
Sete Vidas (Legendado)

Reparem que além de ter praticamente a mesma programação, só tem filme idiota.

crepusculo_filme12

Inocentemente eu e minha namorada fomos sábado assistir Crepúsculo, sei  que não era um filme voltado para adultos, mas independente disso, é um lixo, um filme tão chato que só parava de bocejar quando estava cochilando. Antes de qualquer coisa, faço um apelo: não assistam.

Alguém com mais de meio neurônio não deveria ser colocado em posição de assistir tamanha asneira. Vou resumir pra vocês: Pegue um monte de atores ruins, misture com Sandy e Junior (a série), malhação (a novela eterna) e Anjos da Noite (o filme). Quando a papa estiver bem homogênea, jogue uns vampiros que andam de dia e brilham como glitter, efeitos especiais tão toscos que fazem a novela da record parecer uma megaprodução. Mantenha no forno até dourar e pra finalizar tempere com uma história de amor insossa (que não passa de uma metáfora para a abstinência sexual como método contraceptivo), babaquice completa.
Terminado o prato jogue no lixo. E o principal: não sirva a ninguém que você goste.

Amigo secreto?

mr__horse_by_leyasbelxaurora

Chegado o fim do ano,  sempre vêm àqueles inescapáveis amigos secretos, tem o da família, o da empresa, o do colégio, faculdade,  o da turma… Enfim, é uma dinheirama que você gasta quando a verdadeira intenção da brincadeira é fazer uma demonstração de carinho e afeto para quem faz parte da sua vida. As pessoas esqueceram o verdadeiro significado do Natal que independente de ser uma data religiosa é um dia para reencontrar, conversar, rever pessoas importantes.

O presente obviamente que não passa de uma estratégia do comércio para faturar os tubos, tal quais os famigerados ovos de páscoa, dia dos pais, das mães e outras baboseiras. Na minha humilde opinião é muito melhor ganhar e dar presente sem motivo algum,  com isso você diz claramente: Não preciso de um dia especifico pra lembrar de você, porque simplesmente eu não te esqueço.

Mas vamos lá, se é pra fazer, aqui vão algumas sugestões pras festinhas do ano que vem (esse ano já era):

Letrinhas Secretas: Tire alguém e em vez de dar um presente com cota estipulada escreva algo legal pra ele.
Abraço secreto: coloque o nome de todo mundo que gosta num saco e todo dia tire um, o sorteado do dia ganha um abraço.
Carente secreto: pegue todo dinheiro que gastaria com presentes que ninguém vai usar, escolha um sem teto dormindo na rua e deixe uma sexta básica pra ele.
Aquecimento global secreto: coloque num saco metas como: reciclar lixo, plantar árvores, gastar menos água…. Puxe todos de uma vez e tente por em prática aquilo que vive prometendo.

Finalmente…

Dia Secreto: coloque todas essas datas determinadas pelo varejo na privada, dê descarga. Dê presentes quando e onde tiver vontade.

Filmes, música, ação.

2084078401_8d3065bef4

Desde sempre, o cinema é uma das principais fontes de referência quando o assunto é fotografia e direção de arte. E com a música não poderia ser diferente. Um bom filme, geralmente, acompanha uma boa trilha sonora, e entre uma trilha e outra, sempre há espaço para uma ótima descoberta musical. Daí em diante fica fácil, é só garimpar informações sobre a banda na Internet e criar a sua trilha de bolso.

pequena-miss-sunshine-poster064A trilha sonora do filme americano Little Miss Sunshine, por exemplo, entrou para o meu MP3 e promete não sair tão cedo. As músicas contagiantes que animam o filme, são obra do quarteto multi-instrumentalista DeVotchKa. O grupo mistura teremim, guitarra, piano, trompete e vários outros instrumentos, o resultado é inusitado.

Vale o clique! Confira o MySpace do DeVotchKa, aqui.

paixao-a-flor-da-pele-poster014Outra banda interessante que também conheci através da telinha, foi à islandesa Múm, que tem um som para lá de experimental. O filme que me apresentou a esta, que atualmente é uma das minhas bandas favoritas, foi o Wicker Park. Além de Múm, outras bandas compõem a trilha sonora do filme, como Stereophonics, The Shins, Lifehouse, Mazzy Star, The Stills e Listen, mas estas já são velhas conhecidas.

Por vezes, também acontece o contrário: a música acaba nos levando a um bom filme. Foi assim com as composições do multi-instrumentalista francês, Yann Tiersen. As músicas dele me levaram ao filme, também francês, Le Fabuleux Destin d’Amélie Poulain. Delícia de trilha sonora. Confira aqui.

E, se (não) por acaso você gostar da trilha de Amélie, fica aqui a dica: depois de assistir ao filme, descobri uma banda que lembra a doce sonoridade de Yann Tiersen, trata-se da brasileiríssima Wandula. No MySpace do grupo você encontra músicas bem legais, confira!

Por Ingrid Pires

 

Natal em Natal.

Governo apresenta shows e auto para celebrar o Natal
Local:  anfiteatro da UFRN (Praça Cívica do Campus)

Programação – Anfiteatro da UFRN – de 19 a 25 de dezembro

Dia 19 (sexta)
20 h – Concerto de Todos – Orquestra Sinfônica e Dominguinhos

Dia 20 (sábado)
19 h – Grupo Folclórico
20 h – Auto Natalino “A festa do menino Deus”
21 h – Show com Oswaldo Montenegro

Dia 21 (domingo)
19 h – Grupo Folclórico
20 h – Auto Natalino “A festa do menino Deus”
21 h – Show com MV Bill

Dia 22 (segunda)
19 h – Grupo Folclórico
20 h – Auto Natalino “A festa do menino Deus”
21 h – Show com Antônio Nóbrega

Dia 23 (terça)
19 h – Grupo Folclórico
20 h – Auto Natalino “A festa do menino Deus”
21 h – Show com Cordel do Fogo Encantado

Dia 24 (quarta)
19 h – Missa campal

Dia 25 (quinta)
19 h – Grupo folclórico
20 h – Auto Natalino “A festa do menino Deus”
21 h – Show Natal Canta a Cidade do Natal – com Jubileu e Banda, Glorinha Oliveira, Geraldo Carvalho, Galvão Filho, Khrystal e Lane Cardoso.

natal-em-natal3

Empire

imagem11

A revista Empire, algo como a Set brasileira, tem uma versão online realmente funcional, ali você encontra notícias, fatos, trailers, tudo atualizado diariamente. Minha parte preferida são os rankings, esse mês eles rankearam, os 100 melhores personagens de todos os tempos e os 10 caras mais durões. Dê uma olhada, faça suas escolhas, concorde e/ou discorde das listas, mas não deixe de ver.

Ainda na Empire os caras se perguntam: Que clássicos da ficção científica dos anos 50 permanecem maduros para serem reinventados? E mostram 5 clássicos da decada que podem merecer um remake. Taí meu voto.

creature-from-the-black-lagoon3

O Monsto da Lagoa Negra.

Na Amazônia Brasileira Carl Maia (Antonio Moreno), um pesquisador, fotografa o que parece ser a nadadeira de um anfíbio que talvez estivesse extinto. Mas o que ninguém nota é a presença discreta de uma criatura com o mesmo tipo de nadadeira, que está bem viva e próxima a eles. Carl viaja para mostrar sua descoberta e obter apoio financeiro. Ao retornar com outros pesquisadores, vê horrorizado que foram mortos dois funcionários deles, Thomas (Perry Lopez) e Louis (Rodd Redwing), que ficaram no acampamento. Achando que podem ter mais sorte em outro local, eles rumam para a Lagoa Negra. Lá acham uma misteriosa criatura anfíbia, que pode ser o elo perdido entre duas espécies (uma aquática, outra terrestre). A criatura se mostra muito hostil, atacando sempre que possível os membros da expedição.

Bom filme ruim.

300_87

Como já falei antes, adoro um bom filme ruim, ou como alguns preferem, os trash movies. Eles são bons quando se levam a sério, e melhores ainda quando não tentam. Até onde eu saiba o pai desse divertido gênero é o Ed Wood, considerado o pior cineasta da história, utilizava em seus filmes efeitos especiais risíveis e cenas não utilizadas em outras produções, é responsável pelo pior filme de todos os tempos (meio obvio né), Plan 9 From Outer Space, que acreditem, está sendo refilmado, e tem lançamento marcado para 2009,já estou aguardando ansiosamente.


Mas meu primeiro contato com o gênero veio com um filme de ficção cientifica bem furreca, no melhor estilo Ed Wood. O ano era 1980 e Roger Corman (outro papa dos filmes B) resolveu fazer sua versão dos “Sete Samurais”, o clássico de Akira Kurosawa que tem um zilhão de versões, entre elas, um faroeste (um dos meus preferidos) Sete Homens e um Destino, um com Gene Hackman no Vietnã que não lembro o nome e essa obra prima espacial, Os Mercenários das Galaxias. O filme é bem legal e traz até Robert Vaughn, reprisando o papel que fez em Sete Homens e um Destino, um bravo covarde.

Vieram os anos 90 e com eles filmes politicamente incorretos e mais sanguinários, dessa época, emergiu, Robert Rodriguez, cineasta que ficou famoso por rodar um bom filme com um punhado de amigos e poucos dólares, era El Mariachi, filme que rendeu duas boas continuações, A balada do Pistoleiro e Era uma vez no México, ambos protagonizados por Antonio Bandeiras. É dele também um filme tão emblemático que me lembro do cartaz na locadora, nele tinha escrito algo como: eles assaltaram um banco, mataram policiais e estupraram mulheres, ainda sim são os heróis do filme. Só por aí da pra sacar que o nível do filme. Tinha ainda George Clooney, Juliete Lewis pagando de ninfeta, Salma Hayeck como a vampira mais gostosa de todos os tempos, e o próprio Quentin Tarantino como um estuprador psicótico, puro  pipocão com coca-cola.

Viramos o milênio e a crise criativa dos roteiristas veio para todos, poucos filmes de baixo orçamento foram produzidos, somente o lixo milionário de hollywood tinha espaço, eu gosto dos megablockbusters descerebrados dos gringos também, mas a necessidade é a mãe da criatividade. Então  sem aviso nenhum eis que surge Feast (Um Banquete no Inferno em português) um filme que é auto divertido, tira sarro de todas as convenções e ainda tem uma trilha rock´n roll duca. Inspirado no supracitado filme de Robert Rodriguez, ele consegue ser no mínimo tão interessante quanto. De cara ele nos dá o começo mais divertido em muito tempo. Nele somos apresentados aos personagens, todos  com fichas técnicas, indicando o apelido, sua ocupação ou habilidade e o mais legal uma estimativa de vida de cada um. A história não é o atrativo, e sim seus personagens, todos até os que morrem em segundos são interessantes, sua sanguinolência e suas constantes boas sacadas com o gênero. Não deixem de baixar, alugar, comprar, seja lá a forma que você adquire filmes. AH! Importante, existe já Feast 2, mas é muito ruim, ficaram muito preocupados em serem mais violentos e nojentos que no primeiro e esqueceram que estavam fazendo um filme.

Liberdade.

selo1

Surgido nos Estados Unidos com o nome de book crossing, o Movimento Liberte um Livro parte da premissa que um livro é mais importante para a sociedade circulando do que sendo devorado por traças em alguma estante durante décadas. Para participar é muito simples: é só você pegar um livro. Um que você goste — não pode ser qualquer porcaria — e largar ele em um lugar público. Vale shopping, dentro de ônibus, na faculdade, em qualquer canto. Dentro, você deixa um bilhete explicando o que é o movimento e como participar, ou seja, depois de terminar de ler, deve-se libertar o livro novamente. Ao libertar um livro, você liberta mentes.

Quando? Eu vou “largar”o meu livro no dia 23 de dezembro, fica sendo um ótimo presente pra alguém que não conheço. Mas enfim, pode ser feito a qualquer instante e período do ano.

Tá com preguiça de escrever? Não está inspirado? Imprima e recorte o marca páginas do projeto. Além de pontuar sua leitura, já deixa o livro no ponto pra passar adiante.

Marca páginas. Link 1 | Link 2

Selo Liberte um Livro. Link 1 | Link 2

Fim de semana

700-02245600

Opções para todos os gostos e bolsos.

Sexta – 12 de dezembro

Ressaka do Carnatal
Local: NYX Club, Praia do Meio
Atrações: Banda Manivela, Dj Ronny Vanucci e o convidado Guga Holanda
Informações: 3202-1199

Forró Diferente
Local: Espaço 21 – Cidade Verde
Atrações: Arreio de Ouro e Garota Safada
Horário: 22h

Ressaca do Carnatal
Local: Music Club, Ribeira
Atrações: Garotões do Forró, Banda Manivela, e Dj´s Gunner e Narjara Medeiros
Horário: 23h
Ingressos: R$ 15,00 (homem) e R$ 10 (mulher)
Informações: 3202-1026

Daniel Menezes e Banda
Local: Taverna Pub Medieval Bar: Rua Aristides Porpino Filho, 3136 – Ponta Negra
Atração: Daniel Menezes e Banda
Horário: 22h30
Ingressos no local
Informações: 3236-3696

Especial Lulu Santos e Kid Abelha
Local: Taverna Pub Medieval Bar: Rua Aristides Porpino Filho, 3136 – Ponta Negra.
Atrações: Daniel Freire e Diana Cravo
Horário: 23h
Ingressos: R$ 8 mais um kg de alimento
Informações: 3219-0050

Show do Capim Cubano
Local: Sancho Pub: Rua Aristides Porpino Filho Ponta Negra
Atração: Capim Cubano
Ingressos: Pista: R$ 20 (antecipada); Mesa para 4 pessoas: R$ 200
Vendas: Pitts Burg da Prudente de Morais

Sábado – 13 de dezembro

Festa na NYX
Local: NYX Club, Praia do Meio
Atrações: The Frois e Djs convidados
Informações: 3202-1199

I Caminhada Histórica do Natal
Local: Ruas da Ribeira e Cidade Alta
Atrações: Carlos Zens, Babal, Khrystal e Rosa de Pedra
Entrada: 1 kg de alimento ou um livro

3ª Edição do Gororoba do Rock
Local: Galpão do Calígula – Ribeira.
Ingressos: R$ 3 e 1 kg de alimento
Atrações: Shadows of Death, Jamais Vu, Artigo 5º, Marverick 67, Hora Absurda e Molestrike (PB)

Lual Anos 80
Local: Budda Pub: Av. Engenheiro Roberto Freire, Ponta Negra
Atrações: Dj Magão e Uskaravelho
Ingressos: R$ 15
Vendas: Pittsburg

Festival do Camarão
Local: Presépio de Natal, rua Clóvis Mota, 100, Candelária, ao lado do ginásio do DED
Horário: 19h
Atrações: Tânia Soares, Chorinho, e Diogo Guanabara
Entrada gratuita

VNV e Mobydick
Local: Taverna Pub Medieval Bar: Rua Aristides Porpino Filho, 3136 – Ponta Negra
Atrações: VNV e Mobydick
Horário: 22h30
Ingressos no local
Informações: 3236-3696

Forró da Lua
Local: Espaço Relabucho: Entrada da Lagoa do Bonfim – São José do Mipibú/RN
Atrações: Santana e Joquinha Gonzaga
Informações: 3223-3161

Domingo – 14 de dezembro

3ª Edição do Gororoba do Rock
Local: Galpão do Calígula – Ribeira.
Ingressos: R$ 3 e 1 kg de alimento
Atrações: Domben, The strofes, Fallanji, AK – 47, Desventura e Et Circensis (CE)

Sexta, sábado e domingo

Espetáculo “Coppélia”
Local: Teatro Alberto Maranhão: Praça Augusto Severo, Natal – RN
Horário: 17h
Ingressos: R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (estudante)

Rapidex

tloja14z

Boa dica para os amantes das artes visuais: amanhã (dia 11 de dezembro) começa a 4ª edição do Bazarte – Uma Exposição para Mergulhar –  com obras dos artistas Ricardo Junqueira e Andrea Ebert.

Se tiver um tempinho dê um pulo no Spazzio – Av. Hermes da Fonseca, 1273 das 15h às 18h30 entre os dias 11 e 12 de dezembro. Entrada gratuita.

Se você não puder aparecer por lá, pode conferir o trabalho deles via Internet, vale o clique!

Andrea Ebert #

Ricardo Junqueira #

Por Ingrid Pires

Elogio a rotina. (esse é pra você).

routine____by_spiritcrusher2

Rotina – caminho já sabido ou habitualmente trilhado; hábito de fazer as coisas sempre da mesma maneira; prática constante”

A rotina é uma coisa legal, mas muito comumente ela é vilipendiada, transformada quase em um palavrão, algo que todos fogem, é a cruz para o diabo, o alho para o vampiro, os fantasmas para o  Scooby-doo.
Saio aqui em sua defesa. A acho indispensável, insubstituível, e principalmente necessária, ela funciona como um piloto automático, como um check list diário de nossos afazeres. Mas o melhor dela não está aí.
Tem a “rotina boa”, o beijo de bom dia, as brincadeiras no trabalho, o almoço com os amigos, o beijo de boa noite, o dormir abraçadinho, dessa ninguém reclama, essa ninguém culpa por transformar a vida num círculo de obviedades.
Ela também nos mostra o valor do excepcional. Como dar valor a algo extraordinário, se não é absolutamente isso? EXTRAordinário, algo fora do comum. Pense bem, o que você gosta de fazer pra sair da rotina? Viajar? Faça isso todos os dias, durante anos, logo se tornará sua rotina, e então, o que fazer pra sair dela?
Quem sabe você gosta de comer fora. Pense em fazer isso durante toda sua vida todos os dias e em todas as refeições. Você logo agradeceria um dia que pudesse ficar em casa e fazer sua própria refeição.
Tente sair da rotina todos dos dias. Não tem jeito, isso vai virar  sua rotina. E é pra isso que ela serve  pra você desejar aquelas férias de fim de ano, aquela saída pro bar, aquela viagem pra marrocos.
Mantenha sua rotina, ela nos mantém vivos, acende nossos desejos e nos da o que almejar.

daily_routine_by_yuricola

Algumas percepções sobre rotina.

Seja feliz do jeito que você é, não mude sua rotina pelo o que os outros exigem de você simplesmente viva de acordo com o seu modo de viver.
Bob Marley

cada dia o sol ilumina um mundo novo.

Aquilo que chamamos de rotina está repleta de novas propostas e oportunidades.
Hoje em algum lugar um tesouro te espera.

Pode ser um pequeno sorriso, pode ser uma grande conquista não importa.
A vida é feita de pequenos e grandes, ela está sempre nos testando, nos oferecendo combates que nos educam e glorificam.
Descubra a alegria de ser essa pessoa linda e uma surpresa para você mesmo.
Afinal, a melhor maneira de servir à DEUS é indo ao encontro de seus próprios sonhos.
Paulo Coelho

Minha rotina é não ter rotinas.
Jefferson Luiz Maleski

Não deixe que a saudade sufoque,
que a rotina acomode,
que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e
acredite em você.
Gaste mais horas realizando que sonhando,
fazendo que planejando,
vivendo que esperando
Porque, embora quem quase morre esteja vivo,
quem quase vive já morreu.
Fernando Pessoa

Quero uma casa na serra, uma linda e charmosa casinha de madeira, um jardim, uma horta, um atelie, uma rede na varanda, um cachorro chamado kripto e um amor pra arengar.

Modrack Freire